Notícias

Portugal vai adquirir obras de arte contemporânea

O primeiro-ministro de Portugal, António Costa, garantiu que em 2019 o estado português vai voltar a adquirir arte contemporânea, de forma a enriquecer o seu acervo e promover a cultura no país.

“É uma responsabilidade e um dever dos poderes públicos fomentar a arte contemporânea”, sublinhou António Costa, acrescentando que será criado um fundo de 300 mil euros para a aquisição de obras de arte

O objetivo, segundo o Chefe do Governo, é que o Estado “volte a enriquecer o acervo da arte que se produz no dia-a-dia, fazer com que tenha uma gestão descentralizada, e que seja democratizado e acessível a todos os cidadãos”.

“Esta é mais uma forma de promover a cultura”, sublinhou António Costa, sobre a iniciativa que surgiu depois de um conjunto de duas centenas de artistas ter divulgado um abaixo-assinado exigindo mais apoio público à arte contemporânea.

Na imagem, Gâteau, 2011, da artista portuguesa Joana Vasconcelos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: